Das Letras


Das Letras nasceu da vontade de reciclar a leitura, fazendo com que livros esquecidos e/ou sem uso circulem e mantenham a literatura ativa.
A estante literária oferece um acervo de livros novos e doados em locais de pouco acesso como forma de potencializar o estímulo à leitura e à criatividade – uma vez que a leitura nos permite viagens e descobertas mil.
Sabemos que o desenvolvimento dos sentimentos e do senso crítico começa já na infância e pode ser ainda mais aprimorado com auxílio da leitura. Além de facilitar as associações com situações cotidianas, ler amplia a compreensão da realidade e estimula a imaginação. Mas apesar de inúmeros bons autores e das ótimas histórias que preenchem páginas em branco, o Brasil ainda engatinha neste quesito cultural.
Despertar o gosto pela leitura, transformar vidas e empoderar pessoas.
É para isso que Das Letras existe.



Das Letras

A inspiração


A inspiração
Segundo pesquisa realizada pelo Instituto Pró-livro em 2016, apesar de 56% dos brasileiros alfabetizados terem a leitura como hábito, 30% da população nunca comprou um livro. E isso se dá por infinitos motivos, incluindo o desinteresse. Em algumas ocasiões, porém, o motivo é bem diferente, e chega a surpreender: existem lugares no país onde o livro “físico” ainda é novidade. Inesperado, o fato foi constatado in loco por Marcelo Lima, idealizador do projeto Das Letras – Estante Literária.
Durante um passeio pelo povoado de Pontal de Maceió, ele e a esposa foram impactados pela euforia das crianças. “Nós estávamos acompanhando um projeto que executamos em Fortim – o Oficinas da Villa. E durante esse passeio, levamos alguns livros já com a intenção de fazê-los circular pela comunidade. As crianças se animaram tanto, e o entusiasmo foi tão novo para nós, que decidimos construir uma estante. Uma menina até chegou a me pedir para levar o livro para casa, pois queria dormir abraçada com ele. Outra criança, ao ganhar um exemplar de poucas páginas, disse que nunca havia pegado um livro na mão”, relembra.
Como pais e incentivadores da leitura, Marcelo e Ana Paula sempre presentearam as filhas com livros dos mais variados temas até que elas pudessem escolher os mais interessantes. E se surpreenderam por encontrar cidades carentes de bancas, livrarias ou qualquer outro meio de acesso à literatura. Por isso, e com a receptividade das crianças que receberam os primeiros exemplares, em 2019 nasceu a primeira estante no Estado de Pernambuco, depois uma nova estante foi montada no Maranhão e, agora, o objetivo do projeto é ocupar todos os Estados do Brasil.

Quero das letras na minha cidade!


Quero das letras na minha cidade!
Mais do que fomentar a literatura, Das Letras deseja propiciar momentos de cultura e lazer de forma gratuita e democrática. Para isso, esperamos acender no seu coração a luzinha dessa nova forma de reciclar ao olhar seus livros nas estantes e gavetas: quando não tiverem mais função para a sua família, mande para as nossas. Tenha a certeza de que fará uma grande diferença nas comunidades que ainda têm carência de letrinhas...
E se a sua comunidade está precisando de livros infantis, escreva para a gente, mande seus dados e vamos conversar. Quem sabe não levamos uma Estante Literária Das Letras aí para a sua cidade?